MÂNCIO LIMA: Professores grevistas e alunos fecham estrada em protesto por melhoria salarial


Cerca de 200 professores e alunos de escolas estaduais de Mâncio Lima fecharam, na manhã de hoje, a AC-405, estrada que liga o município a Cruzeiro do Sul.

Em Mâncio Lima todas as escolas aderiram à greve da Educação, que nesta sexta-feira, 31 de julho, completou 46 dias.

Com faixas escritas “luto na educação” e o “professores é meu amigo mexeu com ele mexeu comigo”, os manifestantes caminharam pela cidade protestando contra o governo de Sebastião Viana.


Os professores permanecem reivindicando reajuste de 25%, antecipação para este ano do pagamento da VDP (verba que funciona como um 14º salário), que estava prevista para 2016 em acordo coletivo, e a aplicação do piso funcional para os professores e funcionários dos cursos profissionalizantes.

Por outro lado, o governo endureceu e ainda anunciou o corte dos salários dos professores que se mantiverem de braços cruzados.

Fonte: http://www.ac24horas.com/

Comentários