ESPORTE: Ministério do Esporte abre seleção para o Bolsa Atleta



Atletas de esportes que não integram os programas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos poderão pleitear o Bolsa Atleta. O Ministério do Esporte publicou nesta segunda-feira (14), no Diário Oficial da União, o edital de programa para esportistas dessas modalidades – que incluem, entre outras, patinação, squash, beisebol, softbol, raquetebol e caratê.

As inscrições deverão ser feitas a partir da meia-noite desta terça-feira (15), pela internet, neste link. O prazo para se inscrever segue até as 23h59 do dia 25 de setembro.

Serão beneficiados com o Bolsa Atleta os esportistas que tiverem obtido resultados em 2014 nos eventos indicados pelas entidades de cada modalidade.

Após efetuar a inscrição pela internet, os atletas terão até 6 de outubro de 2015 para enviar os documentos que comprovem a aptidão ao programa. O resultado final dos contemplados deverá ser publicado no dia 24 de novembro.

Os contemplados serão divididos em duas categorias. A categoria Internacional recebe atletas a partir de 14 anos que integraram a seleção nacional de sua modalidade, representando o Brasil em campeonatos ou jogos sul-americanos, pan-americanos ou mundiais, obtendo até a terceira colocação em competições referendadas pela confederação como principais eventos e que continuem treinando para futuras competições oficiais internacionais.

A categoria Nacional contempla atletas a partir de 14 anos que participaram do evento máximo da temporada nacional, sendo tais competições referendadas pela confederação como principais eventos, ou que integrem o ranking nacional da modalidade, obtendo, em qualquer caso, até a terceira colocação e que continuem treinando para futuras competições oficiais nacionais.

As categorias serão subdivididas por idade: adulta, juniores/juvenis e infantil.

O Bolsa Atleta é o maior programa de patrocínio individual e direto a atletas do mundo. Lançado em 2005, completa dez anos com mais de 43 mil bolsas concedidas a mais de 17 mil atletas. Neste ano, o Ministério já publicou a lista dos 6.093 atletas contemplados em modalidades dos programas olímpicos e paralímpicos. A previsão de investimento é superior a R$ 81 milhões.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte

Comentários