Tarauacá: População vai interditar ponte sobre o Rio Tarauacá neste sábado em protesto

Mobilização será da UJS e Associações de Moradores

Os jovens da UJS, presidentes das associações de bairros e comunicadores de Tarauacá se reuniram nesta tarde de quinta-feira, 18, no galpão de Cultura da cidade, para decidir sobre o protesto que irá interditar a ponte sobre o rio Tarauacá. O protesto ocorrerá no sábado, 20, pela manhã. A ponte deve ser fechada pelos manifestante as 10 horas da manhã.

Inauguração da ponte sobre o rio Tarauacá 09/06/2011 foto: Blog do AcciolyTk

A Ponte custou 45 milhões reais aos cofres do governo federal, tendo sido inaugurada em junho de 2011, mas foi interditada em maio de 2014 por causa de um desbarrancamento que comprometeu o acesso a uma de suas cabeceiras. Na época, foi realizado um trabalho pelo Deracre , DNIT e o Exército, de instalação de uma rampa metálica para garantir a trafegabilidade. E a ponte foi liberada com apenas uma de suas pistas funcionando. Desde aquela época nada mais foi feito.

Situação que ficou a cabeceira da ponte

O protesto tem por objetivo fazer com que as autoridades realizem o trabalho definitivo na cabeceira da ponte, desta forma dando condições de trafegabilidade nas duas vias. Também que evite um possível isolamento do município, uma vez que, o processo erosivo pode continuar no inverno levando a única via que está tendo trafegabilidade ficar sem acesso. O protesto é coordenado pela UJS com apoio do Sinteac, Rádio Comunitária Nova Era FM , Associação de moradores e a população de modo em geral. 

Por Leandro Matthaus 
Blog Tarauacá Agora

Comentários