ESPORTE: Bolsa Atleta abre inscrições nesta quinta-feira


As inscrições para o Bolsa Atleta serão abertas a partir da 0h desta quinta-feira (24). As condições estão presentes em edital publicado no Diário Oficial da União e explicam quais serão os critérios observados pelo Ministério do Esporte para a concessão do benefício.

Para solicitar a Bolsa Atleta, o esportista deve ter participado de pelo menos uma das competições que são utilizadas para critério de pontuação. A relação desses campeonatos já foidivulgada pelo Ministério do Esporte.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela página doMinistério do Esporte. O período para solicitação do Bolsa atleta vai até o dia 7 de abril.

São patrocinados pelo programa atletas que tenham obtido bons resultados em competições nacionais e internacionais de suas modalidades, independentemente de sua condição econômica. O atleta contemplado recebe, no ano, o equivalente a 12 parcelas do valor definido na categoria.

As concessões são feitas de acordo com a categoria do benefício: olímpica, internacional, nacional, estudantil e de base. Os valores mensais de cada bolsa são os seguintes:

Atleta de Base (R$ 370,00)
Estudantil (R$ 370,00)
Nacional (R$ 925,00)
Internacional (R$ 1.850,00)
Olímpico/Paraolímpico (R$ 3.100,00)
Pódio (R$ 5 mil a R$ 15 mil)

O Programa

Ao longo da última década, a política implementada pelo Ministério do Esporte concedeu mais de 43 mil bolsas para cerca de 17 mil atletas brasileiros (existem atletas que recebem a bolsa desde o primeiro ano do programa), com investimentos que ultrapassam R$ 600 milhões. É o maior programa de patrocínio esportivo individual e direto do mundo.

Somente em 2015, o número de contemplados alcança 6.131 atletas de modalidades olímpicas e paralímpicas, em um investimento da ordem de R$ 81,3 milhões. O programa contemplou, ainda, 1.001 atletas de modalidades não-olímpicas/paraolímpicas, num patrocínio que alcança a marca de R$ 17,8 milhões.

No primeiro ano do programa, foram contemplados 975 atletas, com investimento de R$ 13,2 milhões. O crescimento é resultado do aprimoramento da Bolsa Atleta e da consolidação da iniciativa como política de Estado. O programa passa por avaliação contínua e aperfeiçoamento constante visando a atender satisfatoriamente aos interessados e aos objetivos do esporte no País.


Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Esporte

Comentários