Sintesac mobiliza a categoria de servidores da Saúde estadual e reafirma: Agora é greve!


greve-saudeterco

A tentativa do governo do Estado em esvaziar a greve dos servidores deu a última contribuição para o movimento grevista marcado para esta terça-feira (18). Pessoas ligadas às direção dos órgãos de saúde estiverem nos locais de trabalho e tentaram desmobilizar os trabalhadores e até usaram de informações falsas para enfraquecer o movimento.

O sindicalista Adailton Cruz, presidente eleito do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac), informou que os serviços de saúde serão reduzidos nesta terça-feira e somente 40% dos servidores irão atuar nas urgência e emergência, com as demais participando integralmente da greve.

“Nesta terça-feira estaremos todos na praça defronte ao palácio para mostrar ao governo do Estado nossa insatisfação por todos estes anos sem atualização salarial. Não dá mais para nós. Agora é luta e a arma do trabalhador é a greve”, destacou.

Adailton fez questão de frisar as ações do governo em tentar desmobilizar os trabalhadores, chegando ao ponto de ameaçar os representantes do Sintesac em Cruzeiro do Sul e também não apresentando qualquer proposta real na mesa de negociações.

“Infelizmente o governo não nos deixou outra alternativa. Por isso, recomendamos às pessoas que evitem as unidades de saúde estaduais nesta terça-feira, pois os serviços vão ser reduzidos ao mínimo. Esperamos que as pessoas entendam e nos apoiem nesse momento de luta”, salientou.

Ele disse que se o governo não apresentar uma proposta razoável a situação vai ficar cada vez mais difícil: “Não queríamos a greve, mas estamos preparados para ela e vamos lutar pelos nossos direitos”.

Fonte: http://contilnetnoticias.com.br/

Comentários