TARAUACÁ: NOTA DOS PARTIDOS, PCdoB, PT e PSB, sobre o governo municipal



O GOVERNO FRACASSADO DE MARILETE, TRAZ TARAUACÁ DE VOLTA AS PÁGINAS POLICIAIS. Reunidos na tarde desta Quinta-feira (19) a direção dos partidos que o compõe a FPA de Tarauacá:

PT, PCdoB e PSB e suas respectivas bancadas de vereadores na Câmara Municipal, realizaram um criterioso exame das condições gravíssimas que vive Tarauacá e o desgoverno de Marilete Vitorino, que tem como base de sustentação PSD, PP, MDB e PSDB. Desde janeiro de 2017, época que Marilete Vitorino assumiu o governo, Tarauacá iniciou um processo regressivo em todos os sentidos.

Falência da educação: o ano letivo de 2017 na zona rural que compõe a maioria dos alunos da rede municipal praticamente não existiu, dos 200 dias letivos obrigatórios pelo MEC, se reduziram em média 70 dias de aulas. Além de falta de responsabilidade com a Educação dos mais pobres, ainda é CRIME DE RESPONSABILIDADE. Por outro lado, a Saúde funcionou na base do faz de conta.

A cidade é uma vergonha, trazendo sofrimento para todos os Taraucaenses. As ruas centrais e dos bairros estão intransitáveis em função de tanta lama e buracos, uma situação jamais vista nem no tempo das grandes alagações. Durante uma ano e meio, os partidos de oposição e seus vereadores tiveram toda paciência e tolerância, disso a prefeita não tem o que reclamar.

Os vereadores têm até sido acusados pela população de estarem sendo conivente com o descaso e a situação calamitosa.

Marilete é a comandante de um Governo Desgovernado, sem projeto e sem rumo. Não apresenta solução, tampouco dá satisfação para a população, atônita com o caos que tomou conta da cidade e dos serviços públicos. A prefeita não se entende nem com os membros sua base minoritária na Câmara de vereadores e seu vice-prefeito.

Entendemos a necessidade de se estabelecer uma nova relação entre nossa boa vontade e a prefeita que parece não querer ajuda. A demonstração mais grave e desnorteada da gestora do nosso município aconteceu nesta quarta-feira (18), a prefeita surpreendeu ao ir à Câmara de vereadores para tratar da prisão em flagrante do seu secretário de agricultura.

A prisão do secretário de agricultura, Gleicioney Fernandes, aconteceu quando os vereadores: Raquel (PT) e Carlos Tadeu (PCdoB) receberam uma denúncia de produtores do ramal onde fica localizada uma propriedade do secretário.

Os vereadores, primeiro tiveram a preocupação de mandar averiguar a veracidade da denúncia, após confirmar a veracidade dos fatos, não tiveram outra alternativa, a não ser requerer o auxílio da Polícia para proceder tomando as providências cabíveis. Os vereadores esperavam um pronunciamento público da prefeita com pedido de desculpas a sociedade e os produtores rurais abandonados pela sua administração.

A prefeita surpreendeu e fez o inverso. Sem nenhuma comunicação prévia com o presidente do poder legislativo, a prefeita chegou na sessão da Câmara acompanhada com todos os seus assessores e pediu a palavra para falar.

Mesmo não sendo permitido regimentalmente, acreditando que a prefeita faria um pedido de desculpas em relação ao episódio, quebraram o protocolo e concordaram que a mesma fizesse o uso da palavra.

Para surpresa dos vereadores, a prefeita passou a atacar os membros do parlamento, fazendo ameaças a estes e denúncias à administração anterior.

Segundo ela, havia mal feito que até então estava evitando de fazer denúncia. Mais grave do que isso, chamou toda a responsabilidade do crime cometido pelo secretário para si, dizendo que o trabalho que o secretário estava fazendo tinha seu conhecimento e ordem expressa.

Diante disso, chegamos a entender que o secretário Gleicioney é realmente vítima do desgoverno e da irresponsabilidade da prefeita Marilete, que além de não governar, ainda ousa querer afrontar os vereadores para defender o ilícito. Fato este em que a população não tolera mais desmandos, e nem utilização do bem público para uso pessoal, e que os vereadores nada mas fizeram do que o cumprimento de suas obrigações de fiscalizar e defender os interesses públicos.

A paciência acabou! Se é essa a relação que a prefeita Marilete escolheu, os vereadores do PT, do PCdoB e do PSB estarão prontos. Vão continuar fiscalizando com firmeza, cobrando respostas e defendendo os interesses maiores de Tarauacá.

Tadeu Viana – Presidente do Diretório Municipal do PT de Tarauacá

Chagas Batista – Presidente do Diretório Municipal do PCdoB de Tarauacá

Adson Leite – Presidente do Diretório Municipal do PSB de Tarauacá

Fonte: Portal Tarauacá

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.