Temer vê cerco se fechar e viaja a SP para "tratar de assuntos particulares"

Presidente viaja à capital paulista ainda nesta quinta-feira e deve se reunir com advogados; compromisso não estava assinalado na agenda oficial
Beto Barata/PR - 7.7.17
Presidente Michel Temer deve se reunir com o advogado Antônio Claudio Mariz de Oliveira em São Paulo

O presidente Michel Temer deve embarcar ainda na tarde desta quinta-feira (12) num voo com destino a São Paulo. O emedebista pretende "tratar de assuntos particulares" na capital paulista, conforme reportado pelo jornal O Estado de São Paulo , e deve se reunir com o advogado Antônio Claudio Mariz de Oliveira, segundo apurou a Folha de S.Paulo . O compromisso não estava assinalado na agenda oficial do presidente para esta quinta-feira. A reportagem do iG solicitou junto ao Planalto e à assessoria da Presidência a confirmação da viagem de Temer, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

O provável encontro de Temer com seu advogado se dá num momento em que o presidente vê seu nome surgir em investigações e amigos e pessoas próximas entrarem na mira da Justiça.

Nesta semana, a Justiça Federal em Brasília tornou réus em ação penal dois amigos pessoais do presidente : o advogado e ex-assessor José Yunes e o ex-coronel da Polícia Militar paulista João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima. 

Os dois são acusados de terem integrado organização criminosa em esquema conhecido como o 'quadrilhão do MDB'. O Ministério Público Federal (MPF) chegou a pedir a prisão dos dois sob a alegação de que Yunes recebeu propina, "de forma dissimulada, para posterior distribuição aos demais membros da organização criminosa", e que o coronel Lima "faz a gestão do recebimento de recursos e doações de campanha para Michel Temer há décadas". Os pedidos de prisão foram rejeitados pelo juiz Marcus Vinicius Reis Bastos , da 12ª Vara Federal no DF.

Reforma na casa da filha de Temer

Já nesta quinta-feira, a Folha publicou reportagem indicando que uma reforma feita na casa da psicóloga Maristela Temer , uma das filhas do presidente, foi paga em dinheiro vivo pela arquiteta Maria Rita Fratezi, esposa do coronel Lima. A informação surgiu a partir de depoimento do dono da Ibiza Acabamentos, uma das empresas que atuaram na reforma do imóvel localizado em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

A assessoria de Michel Temer informou que qualquer questão a respeito da reforma da casa de Maristela em São Paulo seriam respondidos pela defesa da psicóloga. Seu advogado disse, por sua vez, que só dará esclarecimento sobre o assunto à Polícia Federal se a cliente for chamada a depor. Já o coronel Lima e sua mulher negaram ter cometido qualquer irregularidade.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.