Câmara desembolsa R$ 13,3 milhões para deputados não apertarem botão de elevador


Câmara dos Deputados durante votação - Ailton de Freitas / Agência O Globo

O Globo informa que, no mês passado, a Câmara dos Deputados assinou o quarto e último termo aditivo de um contrato para a prestação do serviço de ascensoristas.

O contrato, que vigora desde 2014, já custou R$ 13,3 milhões aos cofres públicos. Para que os deputados não precisem se dar ao trabalho de apertar o botão do elevador, o último aditivo, com prazo de dois meses, foi calculado em R$ 656 mil.

De acordo com o contrato atual, a empresa vencedora da licitação fornece 50 ascensoristas, oito “telefonistas de fluxo de elevador”, sete “recepcionistas de fluxo de pessoas” e um encarregado-geral.

A Câmara informou ao jornal carioca que uma nova licitação para o serviço já foi lançada, com valor estimado de R$ 4,3 milhões para um ano de contrato.

Comentários

Postagens mais visitadas