TARAUACÁ: QUARTA FEIRA MARCADA POR PROTESTO DOS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO EM GREVE


A quarta feira em Tarauacá foi marcada pela manifestação dos Trabalhadores em Educação da rede estadual do município juntamente com o município de Feijó. O núcleo do SINTEAC de Feijó trouxe uma caravana em 12 carros pequenos somando cerca de 60 pessoas.


Em greve, eles saíram pelas ruas da cidade com faixas, cartazes, gritando palavras de ordens e se aglomeraram em frente ao núcleo de educação, que é a representação do governo estadual em nossa cidade. Lá, houve manifestação dos representantes do sindicato nos dois municípios e a reafirmação da greve, que em Tarauacá e Feijó atinge 100% das escolas da rede. 


Com essas manifestações de ruas em Tarauacá, Feijó, Cruzeiro do Sul e Rio Branco, os líderes do movimento esperam que o governo possa reabrir um canal de negociações e acenar com uma proposta que contemple os anseios da categoria.


Enquanto os trabalhadores protestavam, no interior do núcleo de ensino, representantes do governo se reuniam com os diretores das escolas para pressionar pelo fim da greve. Segundo informações alguns diretores não cederam a pressão do governo e disseram que quem decide sobre a greve é os servidores. 


Em seguida o presidente Eurico foi chamado para uma conversa com um representante da secretaria de educação que foi enviado pelo governo para passar em todos os municípios para conversar com os gestores e com o sindicato. Na conversa ficou sugerido que o governo irá abrir uma canal de negociações com os representantes do SINTEAC de Rio Branco e dos 22 municípios do estado.


Os núcleos do SINTEAC nos municípios das regionais Tarauacá/Feijó/Jordão e Juruá irão propor uma reunião do Conselho de Representantes da entidade para discutir o andamento da greve, das negociações e as negociações.

Do Blog do Accioly

Comentários