Inscrições para o exame de médicos formados no exterior terminam hoje

Imagem: Divulgação
Terminam hoje (21) as inscrições para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida) de 2015. Revalida é uma prova criada pelos ministérios da Educação e da Saúde para simplificar o processo de reconhecimento de diplomas de medicina emitidos por instituições de ensino estrangeiras.

Os médicos podem se inscrever até as 23h59, horário de Brasília, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Para atuar como médico no Brasil, o estudante formado no exterior precisa fazer o reconhecimento do seu diploma para só depois solicitar ao Conselho Regional de Medicina a autorização para trabalhar. A primeira edição do Revalida foi em 2010, como projeto piloto. O exame tornou-se oficial a partir de 2011.

O Revalida será realizado em duas etapas. A primeira está prevista para 18 de outubro. Composto de uma prova objetiva, com 110 questões de múltipla escolha, e outra discursiva, com cinco itens, o exame poderá ser feito em Rio Branco (AC), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Campo Grande (MS). A taxa de inscrição para a primeira etapa é R$ 100.

Apenas os candidatos aprovados na prova escrita poderão realizar a segunda etapa, composta de uma prova de habilidades clínicas que deve ser aplicada nos dias 28 e 29 de novembro, em local ainda a ser definido. A taxa de inscrição para a segunda etapa é R$ 300.

Para fazer o Revalida, o médico tem de ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal no Brasil, deve ter o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), aprovação no exame de Certificação de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) e diploma médico autenticado por autoridade consular brasileira e expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem.

Edição: José Romildo
Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/

Comentários