SAÚDE: Presunto, bacon e salsicha estão ao lado de álcool e cigarro no grupo de substâncias cancerígenas

Bastam 50g de carne processada por dia para aumentar em 18% as chances de desenvolver o câncer de intestino
O bacon, a salsicha e o presunto agora estão lado a lado ao cigarro e o álcool como causadores de câncer. Segundo o anúncio da Organização Mundial de Saúde, bastam 50g de carne processada por dia para aumentar em 18% as chances de desenvolver a doença.

Dados da Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer, braço da OMS, apontam que a carne processada deve estar no grupo 1 de elementos cancerígenos e está ligada ao câncer de intestino. A carne vermelha faz parte do grupo 2 como "provavelmente cancerígena para humanos."

A carne processada é a carne modificada para aumentar sua validade ou alterar o seu sabor - como por defumagem, cura ou a adição de sal ou conservantes. São estas adições que aumentam o risco de câncer.

"Para um indivíduo, o risco de desenvolver câncer de intestino por causa de seu consumo de carne processada permanece pequeno, mas este risco aumenta com a quantidade de carne consumida," diz o Doutor Kurt Straif da OMS, para quem as descobertas devem nortear os países na sugestão de dietas balançeadas.

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília com agências

Comentários