Luta contra corrupção não é responsabilidade só do governo, diz CGU

Imagem: http://imguol.com/blogs
O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Valdir Moysés Simão, defende que a sociedade se engaje no dia-a-dia na luta contra a corrupção. Para ele, essa deve ser uma pauta do cidadão, e não apenas do Poder Público. 

“O combate a corrupção não é uma ação de responsabilidade exclusiva dos governos, não há um protagonista para esse enfrentamento. Todos temos que trabalhar juntos, governo e sociedade, mas com a participação decisiva do cidadão. É ele que tem a capacidade de acompanhar o dia a dia na sua cidade e denunciar", disse Simão, durante evento que premiou crianças por obras sobre o tema, nesta segunda-feira (7) em Brasília.
Valdir Simão também defende que o trabalho de fiscalização feito pela Controladoria seja acompanhado mais de perto pela população. “Nós queremos que os cidadãos acompanhem as ações da Controladoria e nos ajudem a combater esse mal que tira o sonho e o futuro das crianças e que tira de cada cidadão brasileiro a oportunidade de ter melhor oportunidade de vida", finaliza.

No Dia Internacional do Combate a Corrupção, que será comemorado nesta quarta-feira (09), a Controladoria Geral da União (CGU) vai lançar uma série de ações para promover boas práticas e incentivar a transparência na gestão pública.

Dentre as novidades, está o Banco de Preços, um sistema de consulta de valores de referência para produtos adquiridos pelo Poder Executivo, guias de orientações para empresas estatais e para a administração pública e o lançamento do documento Agenda de Combate, com ações e iniciativas da GCU e do governo na prevenção, detecção e combate a corrupção, disponível no site Todos Juntos Contra a Corrupção.

Fonte: Portal Brasil

Comentários