Dilma confirma 3ª fase do Minha Casa,Minha Vida para março


Chico Peixoto/LeiaJáImagens/Arquivo

A presidente Dilma Rousseff (PT) confirmou, nesta sexta-feira (19), que terceira etapa do programa Minha Casa, Minha Vida será anunciada em março. De acordo com a petista, apesar das “dificuldades enfrentadas” em 2015 e da manutenção do quadro econômico mundial este ano, a gestão federal “vai continuar entregando casas”. Hoje a presidente fez a entrega de 2.432 unidades nos Residenciais Vivendas de Petrolina I e Vivendas de Petrolina II, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

“Em um ano de dificuldades mantivemos este programa e a boa notícia é que nós vamos fazer a terceira fase do Minha Casa, Minha Vida. Vamos anunciá-la ainda no mês de março”, confirmou a petista. Fazendo um balanço, Dilma informou que mais de 2,5 milhões de famílias já foram beneficiadas com o programa habitacional. “Vamos continuar entregando casas, inclusive em Petrolina. Para vocês terem uma ideia é, mais ou menos, como se a cada dia o Governo Federal tivesse entregado casas para mais de mil famílias”, acrescentou.

Para Dilma Rousseff, o momento é de festa para as famílias que agora tem a “liberdade da casa própria”. “É um dia que marca a vida destas pessoas. Ou vocês deixaram de pagar o aluguel ou de morar em áreas de riscos, ou até mesmo de favor na casa de alguém, o que é muito complicado. Hoje vocês vão pegar a chave e entrar na casa própria de cada um de vocês. É uma sensação de liberdade”, observou. 

Classificando a construção das unidades habitacionais como um resultado de parcerias, a presidente agradeceu ao prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), e ao governador Paulo Câmara (PSB). “É igual a uma família, se nos unimos, independentemente de qualquer outra divergência, teremos êxito. Por isso agradeço ao governador Paulo Câmara todas as parcerias no estado e ao prefeito pelo entusiasmo, a parceria e pela força”, destacou. 

Além de Petrolina, também estão sendo entregues, nesta sexta-feira, residências financiadas pelo programa em Cachoeiro do Itapemirim (ES), Belo Horizonte (MG), Canoas (RS), Franca (SP), Mogi das Cruzes (SP) e São José dos Campos (SP), totalizando 4.904 novas casas. Os empreendimentos são destinados a famílias com renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I) e receberam investimento total de R$ 326,9 milhões. Mais de 19 mil pessoas serão beneficiadas.

Fonte: http://www.leiaja.com/

Comentários