Corpo de Frei Paolino chega a Sena Madureira para ser velado na igreja de Nossa Senhora da Conceição

20160409162536 (5)
O corpo do frei Paolino Baldassari chegou por volta das 16h deste sábado à cidade de Sena Madureira, a 140 km da capital Rio Branco, e foi recepcionado pela população com aplausos, choro e cartazes de homenagem.

Pelas ruas da cidade, até a igreja de Nossa Senhora da Conceição, a população deu o último adeus ao frei. O corpo de padre Paolino foi conduzido pelas principais vias da cidade em um carro do Corpo de Bombeiro com a bandeira de Sena Madureira em cima de seu caixão.


Dezenas de carros e motos seguiram a viatura, enquanto centenas de pessoas se juntavam ao longo do percurso para aplaudir a passagem do frei. O governador Sebastião Viana acompanhado de seus seguranças em seu carro oficial participou da carreata do começou ao fim.

Na chegada do corpo à igreja, na avenida Avelino Chaves, mais aplausos e lágrimas dos fieis, admiradores de Paolino Baldassari.


O governador Sebastião Viana e o prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, ajudaram a levar o caixão até o lugar da cerimônia fúnebre, no interior do templo de Nossa Senhora.

Na abertura do ato solene, o padre Zezinho Rosas, líder da igreja católica em Sena Madureira, rezou o Pai-Nosso. Após a oração ele proferiu discurso resumido sobre o legado de padre Paolino Baldassari, destacando que o frei entra para a história de Sena Madureira por sua trajetória missionária, seus ensinamentos, exemplo e trato com o semelhante.


“Um homem que nos deixa um exemplo de fé, de caridade, de dedicação”.

“Uma história marcante e muito especial, do frei Paolino. Uma vez eu perguntei a ele: como é ser um santo vivo no meio de nós? Ele me disse: Tião eu ainda tenho medo, por isso que eu ainda não sou um santo. Mas agora ele se santificou plenamente”, disse o governador Sebastião Viana, visivelmente emocionado enquanto falava.


Tanto dentro da igreja como fora, muita gente acompanha a cerimônia. Do lado de fora do templo foram colocadas várias tendas e cadeiras, além de uma TV, por onde as pessoas podem acompanhar as missas.

O sepultamento acontece na segunda-feira, 11, logo após a Missa de Corpo Presente, que será celebrada pelo bispo Dom Joaquin Pertinez. Paolino Baldassari será sepultado em uma capela atrás da igreja de Nossa Senhora.

LEIA MAIS


Fonte: www.ac24horas.com

Comentários