JORDÃO: ALEAC faz audiência pública no município a pedido de Jenilson


A ALEAC por meio da Comissão de serviços público, trabalho e municipalismo, da Casa realizou na quinta-feira,07, uma audiência pública no município de Jordão para debater sobre a falta de iluminação pública, de telefonia móvel e a rede água potável na cidade. O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) foi o autor do requerimento. 


A audiência foi presidida pelo autor do requerimento que presidiu a Comissão de Obras e Serviços públicos da ALEAC. Também participou da audiência o deputado estadual Jesus Sérgio, o representante da ELETROBRAS Sr Otávio , o Representante do PROGRAMA LUZ PARA TODOS Sr. Alissandro, o representante do DEPASA Tom Sergio, Representante dos sistemas de telefonia , Além de representantes dos setores da sociedade civil organizada como sindicato e associações, órgãos municipal e estadual .


Jenilson Leite falou que os munícipes vem sofrendo bastante com as oscilações de energias, o sinal da telefonia móvel que não funciona, e que esses acontecimentos motivaram o deputado a solicitar uma audiência para ouvir os reclames da população. “A população de Jordão sofre muito com a falta de energia e a oscilação também é muito grande o que prejudica bastante os moradores. Outro problema sério é a falta de sinal telefônico, os aparelhos ficam a maior parte do tempo fora do ar o que dificulta a vida das famílias de Jordão”, afirmou. 

No final da audiência foi assumido o compromisso pelo programa LUZ PARA TODOS de iniciar de imediato as obras de eletrificação rural levando mais de 36 km de rede para os trabalhadores rurais. A ELETROBRAS se comprometeu em melhorar os problemas de oscilações e fazer a expansão de redes para o Bairro Novo onde hoje há problemas graves. Por meio de um documento a operadora de telefonia claro se comprometeu de até agosto de 2016 instalar o serviço de internet 3G em um raio de 36 km na sede do município.

Samaria Sombra falou em nome dos jordanenses, que além de sofrerem com a falta de energias, as oscilações, ainda convivem com os preços abusivos. Que segundo ela o talão de luz aumentou 400%.
No final da audiência foi criado uma comissão formada por representantes sindicais e membros dos órgãos governamentais para buscar uma solução para os problemas, tendo como membros: Roberto Rodrigues (STR), João Bráz (Asareat), Regiane Correia (consumidores), Antonio Aurisérgio (Tom do Depasa), Povos Indigenas, Ronalda Saraiva (Pastoral da Criança), SempMulhres e Esmael Martins (Eletrobrás). 

A audiência foi realizada no centro de florestania. O município de Jordão é distante da capital do Estado cerca de 600 km, sendo passível chegar a cidade apenas por meio fluvial ou aéreo.

Por Leandro Matthaus Foto João Braz

Comentários