Agente penitenciário é morto dentro de casa; “criminalidade epidêmica”, diz amigo da vítima



O agente penitenciário Romário Cavalcante Alexandrino, 28 anos, foi mais uma vítima da violência que assusta e vem matando milhares de acreanos nos últimos anos. De acordo com o presidente da Associação dos Praças do CBMAC, Abrahão Púpio, o policial foi vítima de latrocínio quando estava em sua residência.

”Romário é mais uma vítima da criminalidade que se alastra de modo epidêmico em todo o Acre, que expõe todos os cidadãos, e de modo especial os operadores de segurança pública, mormente aqueles que atuam diretamente com o patrulhamento preventivo e a repressão ao crime e execução das penas, custódia de condenados”, disse Púpio.

Em nota, o secretário de Segurança Pública do Acre, Emylson Farias, disse lamentar a morte do agente e que determinou a mobilização imediata dos efetivos das polícias Civil e Militar para atuarem na elucidação das circuntâncias que envolvem a morte de Romário.

Em nome de todos os profissionais da área de segurança pública externamos o mais profundo Pesar pela morte do agente público e nos solidarizamos com todos os seus familiares, colegas e amigos pelo insano e covarde”, diz a nota oficial que é assinada também pelo secretário de Estado da Polícia Civil, Carlos Flávio Gomes Portela, pelo diretor do Instituto de Administração Penitenciária, Martins Fillus Cavalcante Hessel e pelo Coronel Júlio Cesar Santos, comandante Geral da Polícia Militar. 

Fonte: http://contilnetnoticias.com.br

Comentários