Aleac aprova reajuste de 19,48% a professores e 23,75% a apoio


A Assembleia Legislativa do Estado do Acre deu um passo importante rumo à valorização dos servidores públicos estaduais, ao aprovar, nesta quarta-feira, reajustes salariais para pelo menos nove, de um total de 12 categorias do funcionalismo público.

Entre os maiores beneficiados estão os servidores da Secretaria de Estado de Educação e Esporte, a SEE. Para os professores, o novo aumento será de 19,48%, enquanto que para os funcionários técnicos e administrativos, o índice ficará ainda maior, de 23,75%.

Os parlamentares que integram as Comissões de Constituição e Justiça e Orçamento e Finanças abriram a sessão, pouco depois das 10 horas e a encerraram em seguida para que os trabalhos de avaliação pelas comissões começassem, se estendendo até o início da noite de ontem.

Agora, os projetos de lei seguem para sanção pelo governador Tião Viana.

Outras três categorias ainda não entraram no bojo dos projetos de leis complementares nesta etapa, porque ainda estão sendo feitos ou examinados por essas mesmas categorias. Elas são os médicos, os técnicos agrícolas e os agentes penitenciários.

Além dos professores, tiveram aumento de salários aprovados pelos deputados, os contadores, os especialistas, os funcionários da Procuradoria Geral do Estado, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito, os servidores da Polícia Civil, os gestores em políticas públicas, os técnicos em gestão, e os funcionários da Casa Civil.

Quando for autorizado pelo governador Tião Viana, o novo aumento vai gerar um impacto de mais de R$ 120 milhões na folha do funcionalismo público estadual.

Motivo de comemoração

Na Educação, o feito foi comemorado pelo secretário-adjunto, José Alberto Nunes, o Xaxá, que a todo o tempo comandou as negociações com a categoria para encontrar os melhores índices do novo reajuste a professores, equipe de ensino, aos técnicos administrativos e aos diretores de escolas.

O reajuste só está sendo possível graças ao esforço concentrado no gerenciamento dos recursos do Estado e da nossa pasta”, frisa Xaxá. Segundo o secretário-adjunto, “o que é mais importante é a valorização de nossos servidores, que vão desde o gestor de escola aos professores provisórios e efetivos, secretários escolares e coordenadores administrativos”.

Na opinião do secretário de Educação e Esporte, Marco Brandão, o “esforço e a dedicação dos servidores foram mais uma vez reconhecidos”.

A valorização constante do governador Tião Viana com seus servidores nos alegra e enche ainda mais a categoria de entusiasmo para fazer uma educação de excelência, valorizando nossos estudantes e toda a comunidade”, pontua Brandão.

Como será o reajuste na Educação

Depois de serem transformado em lei, os salários dos funcionários da Educação estadual passam a ser reajustados do seguinte modo:

Professores – reajuste global de 19,48%

1ª parcela de 6,5% para agora em março;
2ª parcela de 6,49%, concedida em julho;
3ª parcela de 6,49%, em fevereiro de 2018;

Administrativos – reajuste global de 23,75%

1ª parcela de 8,5% para março próximo;
2ª parcela, de 8,25% em julho deste ano;
3ª parcela, de 7%, em fevereiro de 2018

Fonte: Secretaria de Estado de Educação

Comentários