Rio Juruá atinge 14,20 metros e Cruzeiro do Sul vive a maior cheia dos últimos 22 anos

O aumento do nível do Rio Juruá preocupa moradores/Foto: Reprodução

Em Cruzeiro do Sul, o Rio Juruá registrou a marca de 14,20 metros na manhã desta quarta-feira (1°), com esta medição o manancial se encontra 120 centímetros acima da sua cota de transbordamento e já desabrigou 85 famílias, além de ter desalojado outras 468, atingindo diretamente 2.533 pessoas em Cruzeiro do Sul. Esta é a maior cheia de sua história.

O Rio Acre, em Rio Branco, apresentou sinais de vazante e registrou na manhã desta quarta-feira (1°) a marca de 10,84 metros, na terça-feira (31) o manancial chegou a 11,11 metros. A cota de alerta é de 13,50 metros e a de transbordamento 14 metros.

Rio Iaco

Em Sena Madureira, as águas do Rio Iaco ainda não preocupam as autoridades, na manhã desta quarta-feira o manancial apresentou a marca de 12,98 metros, a cota de alerta é 14 metros e a de transbordamento 15,20 metros.


Rio Envira

O nível do Rio Envira, em Feijó, apresenta a cota de 12,59 metros nesta manhã. O monitoramento do Corpo de Bombeiros apontou uma elevação no nível do rio nas últimas 24 horas. No município, o manancial ainda segue dentro da normalidade. Sua cota de alerta é de 13,50 e de transbordamento de 14 metros.

Rio Tarauacá

O Rio Tarauacá continua apresentando sinais de vazante. O manancial registrou a marca de 10,45 metros na manhã de hoje, segundo medição realizada pela Defesa Civil do Município. O manancial está acima da cota de transbordamento, que é de 9,50 metros e já desabrigou 21 famílias. Na tarde da última segunda-feira (30) a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, assinou o decreto de situação de emergência.

Com informações da Agência de Notícias do Acre

Fonte: http://contilnetnoticias.com.br/

Comentários