FGTS: trabalhadores nascidos em março, abril e maio têm pagamento adiantado

Entre os dias 10 e 31 de março, a Caixa Econômica Federal registrou o pagamento de 85% do total previsto, valor equivalente a R$ 5,9 bilhões
Divulgação/Caixa Econômica Federal
Expediente na Caixa será ampliado em duas horas entre os dias 10,11 e 12, para o saque das contas inativas do FGTS
A Caixa Econômica Federal informou na manhã desta quarta-feira (5) que o pagamento das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para os trabalhadores nascidos nos meses de março abril e maio, foi antecipado pela instituição. No sábado (8) os nascidos nos meses mencionados podem ir até uma das agências da caixa e sacar o dinheiro retido.


Segundo balanço prévio divulgado pela Caixa mais de 7,7 milhões de brasileiros têm direito ao saque das contas inativas do FGTS neste mês de abril. Ao total, serão disponibilizados mais de R$ 11,2 bilhões aos trabalhadores brasileiros.

Foi informado ainda que cerca de 2,3 milhões de trabalhadores, ou seja, 30% receberão automaticamente o crédito nas contas da Caixa Econômica Federal no dia 8 de abril. “O trabalhador não vai perder nenhum rendimento por termos antecipado para 8 de abril”, disse o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, durante coletiva de imprensa.

Occhi afirmou que os valores, por terem sidos adiantados pela Caixa Econômica Federal, tiveram atualização monetária, logo, os trabalhadores não vão perder nenhum rendimento devido a antecipação dos pagamentos.

Os trabalhadores que têm saldo disponível podem se dirigir até uma das 2,1 mil agências que vão abrir neste sábado (8). Para atender a demanda, a Caixa abrirá ainda 200 salas de autoatendimento com funcionários preparados para tirar as dúvidas dos brasileiros.

Para saber quais agências vão estar abertas no dia 8 de abril, basta acessar o site da Caixa. Para atender a demanda, a Caixa informou que todas as agências vão ampliar o expediente em duas horas entre os dias 10,11 e 12, para o saque das contas inativas do Fundo de Garantia.

O diretor executivo de Fundos de Governo da Caixa, Valter Nunes, lembrou que no sábado (8) não será possível transferir para outro banco por meio de Transferência Eletrônica Disponível (TED), mas os clientes poderão enviar o dinheiro por DOC (Documento de Crédito), limitado ao valor de até R$ 4.999, 99, com liberação do dinheiro na terça-feira (11) e isenção de tarifas.

Para valores a partir de R$ 10 mil, a Caixa exige a carteira de trabalho e a liberação do dinheiro leva um dia para ocorrer.


Balanço da primeira fase

Entre os dias 10 e 31 de março, a Caixa registrou o pagamento de mais de R$ 5,9 bilhões a cerca de 3,7 milhões de pessoas. O valor equivale a 85% do total inicialmente previsto (R$ 6,96 bilhões) e aproximadamente 77% dos trabalhadores (4,8 milhões), nascidos em janeiro e fevereiro, beneficiados com a Medida Provisória 763, que permite o saque de contas inativas. Segundo Occhi, na primeira fase 24 mil clientes dos bancos usaram o dinheiro do benefício para quitar R$ 368 milhões de dívidas com o banco.

Cronograma de pagamento

O pagamento das contas inativas começou no dia 10 de março e vai até 31 de julho, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador. Que nasceu em janeiro e fevereiro e ainda não sacou o dinheiro, pode buscar os recursos até julho. As retiradas poderão ser efetuadas até o dia 31 de julho deste ano e apenas o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até o dia 31 de dezembro de 2015 pode sacar o saldo da conta inativa.

Liberação do pagamento Mês de nascimento

8 de abril de 2017 – nascidos em março, abril, maio

12 de maio – nascidos em junho, julho, agosto

16 de junho – nascidos em setembro, outubro, novembro

14 de julho - nascidos em dezembro podem sacar as contas inativas do FGTS. 


Comentários

Postagens mais visitadas