TARAUACÁ: ESCOLAS DA REDE ESTADUAL E SEBRAE FIRMAM PARCERIA PELA EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA NO MUNICÍPIO



Em encontro realizado na tarde desta terça feira, 17 de abril, no Núcleo Estadual de Educação, com a presença dos gestores escolares da rede estadual, coordenadores do núcleo, professores Cláudio Júlio, Vania Melo, Coordenadora de Humanização da Secretaria Estadual de Educação Professora Ednilza Rocha (Nilzinha), e da Professora Joelma Mourão, gestora do SEBRAE, foi feita a apresentação de uma proposta de um projeto para a Educação Empreendedora que o SEBRAE está oferecendo para a redes de ensino. Nilzinha é responsável pelo responsável Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, dentro da Secretaria de Educação e Joelma pelo SEBRAE. 

Em Rio Branco em parceria com a SEE através do Secretário Marcos Brandão, 10 escolas já trabalham com o projeto e agora está sendo apresentado em Feijó e Tarauacá. A proposta do curso será oferecida para os alunos de 1º ao 9º ano e ensino médio com uma duração de três meses.

No final do encontro, após debates e esclarecimentos sobre a proposta ficou pactuada a parceria e em breve será anunciado o início do projeto em Tarauacá.

Educação empreendedora é aquela que está entre o “querer fazer” e o “reunir condições para realizar”. A Educação Empreendedora busca o desenvolvimento de habilidades e competências que promovam nos sujeitos uma atitude protagonista e comprometida diante da vida, que torne esse sujeito consciente do seu papel na construção de uma sociedade mais justa e com igual oportunidades para todos.

O SEBRAE capacita os professores com oferecendo fundamentação metodológica, orientações conceituais dos produtos e serviços e capacitação presencial ou a distância. A Escola precisa selecionar os professores e organizar espaço e tempo para o processo de capacitação.

Responsabilidades do Sebrae/AC:

I. Capacitar os professores indicados pelo nome da Instituição de Ensino, para posterior aplicação da metodologia aos seus alunos; 

II. Fornecer o material para a capacitação dos professores, composto de: 

a) Manual do professor impresso; 

b) Manual do aluno impresso; 

III. Emitir certificado de participação aos professores concludentes com participação de 100% de presença do repasse da metodologia; 

IV. Acompanhar e avaliar, através de equipe do SEBRAE/AC, o desenvolvimento da metodologia e a execução do JEPP; 

V. Disponibilizar material para pesquisa de satisfação dos professores/alunos sobre o curso; 

VI. Realizar visitas de monitoramento e avaliação com a Instituição de Ensino, acerca do resultado alcançado na aplicação do JEPP. 

VII. Fornecer o material didático (livros) para aplicação da metodologia aos alunos. 

VIII – Apresentar relatório final ao termino do Programa.

Responsabilidade da INSTITUIÇÃO PARCEIRA (SEE/SEME/ESCOLA):

I. Divulgar e inscrever os professores que participarão da Oficina de Sensibilização, caso se aplique.

II. Selecionar e indicar os professores e coordenador técnico para o JEPP que participarão da capacitação.

III. Garantir a formação de turma com número mínimo de 15 (quinze) e máximo de 30 (trinta) professores.

IV. Garantir a participação integral do professor na Capacitação (100% de frequência), conforme carga horária definida para cada segmento do Ensino Fundamental.

V. Disponibilizar salas, equipamentos, material de apoio e de dinâmica para execução do curso aos alunos, podendo ser nas dependências da instituição ou outro local a ser indicado.

VI. Colaborar no que lhe couber e possível for, para a divulgação institucional e o fortalecimento da imagem do SEBRAE/AC, sem, contudo, utilizar a marca do SEBRAE sem a expressa autorização;

VII. Não assumir, perante terceiros, obrigações em nome do SEBRAE/AC, em nenhum momento e circunstância e sob qualquer pretexto;

VIII. Garantir que somente os professores capacitados pelo SEBRAE/AC façam a aplicação do JEPP aos alunos;

IX. Fornecer ao SEBRAE/AC, as informações solicitadas nos momentos de avaliação e monitoramento.

X. Comunicar previamente o SEBRAE/AC, por meio do escritório regional, por escrito, em até sete dias úteis, toda e qualquer mudança que porventura venha ocorrer na execução do JEPP como, por exemplo: interrupção, cancelamento ou adiamento.

XI. Não reproduzir, copiar ou ceder os materiais didáticos a serem utilizados no JEPP, sem a autorização expressa do SEBRAE/AC;

XII. Fornecer anualmente ao SEBRAE/AC, informações sobre o curso, de acordo com relatório modelo, indicado pelo SEBRAE.

XIII. Fornecer aos alunos, ao final da capacitação e que tenham cumprido a carga horária com frequência mínima de 80% o certificado de participação no curso Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP).

XIV – Não reaproveitar o material didático utilizado na metodologia aos alunos.

XV – Fornecer material de apoio aos alunos em sala de aula.

XVI – Fornecer todo o material utilizado em sala de aula necessário a capacitação dos professores e alunos conforme a lista fornecida pelo SEBRAE antecipadamente.

XVI – Apresentar relatório final detalhado sobre o programa ao final da sua realização.

O JEPP – A educação empreendedora proposta pelo Sebrae para o Ensino Fundamental incentiva os alunos a buscar o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade. 

A ideia é a de que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito e incentivá-lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores.

O curso para esta etapa da Educação Básica é o Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP, destinado a fomentar a educação e a cultura empreendedora. O curso procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gestão da própria vida.

Essa visão vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco:

Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos;

Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente;

Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas;

Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes.

Dessa forma, o curso, aliado a um ambiente propício à aprendizagem, favorece o envolvimento dos jovens estudantes no próprio ato de fazer, pensar e aprender. Essas são características fundamentais dos comportamentos empreendedores, nos quais o estudante e o grupo em que está inserido reconhecem que suas contribuições são importantes e valorizadas.

Com a proposta pedagógica do JEPP para cada ano do ensino fundamental, por meio de atividades lúdicas, o ambiente da aprendizagem sensibiliza os estudantes a assumirem riscos calculados, a tomarem decisões e a terem um olhar observador para que possam identificar, ao seu redor, oportunidades de inovações, mesmo em situações desafiadoras.

Como funciona

O Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP é composto por nove cursos:

1º ano do Ensino Fundamental: O mundo das ervas aromáticas

Duração: 26 horas de aplicação com os estudantes.

2º ano do Ensino Fundamental: Temperos naturais

Duração: 24 horas de aplicação com os estudantes.

3º ano do Ensino Fundamental: Oficina de brinquedos ecológicos

Duração: 26 horas de aplicação com os estudantes.

4º ano do Ensino Fundamental: Locadora de produtos

Duração: 22 horas de aplicação com os estudantes.

5º ano do Ensino Fundamental: Sabores de cores

Duração: 22 horas de aplicação com os estudantes.

6º ano do Ensino Fundamental: Ecopapelaria

Duração: 30 horas de aplicação com os estudantes.

7º ano do Ensino Fundamental: Artesanato sustentável

Duração: 30 horas de aplicação com os estudantes.

8º ano do Ensino Fundamental: Empreendedorismo social

Duração: 30 horas de aplicação com os estudantes.

9º ano do Ensino Fundamental: Novas ideias, grandes negócios

Duração: 25 horas de aplicação com os estudantes.

Como participar

A Secretaria Municipal de Educação ou Instituição de Ensino interessada em atuar com o JEPP para com seus estudantes deve procurar o Sebrae mais próximo para negociar a parceria e a realização da capacitação dos professores, que tem duração de 45 horas e pode ser dividida para o 1º e 2º ciclo do ensino fundamental. 

Assessoria de Comunicação 
Nuúcleo Estadual de Educação
Com informações do SEBRAE

Comentários