CRUZEIRO DO SUL: Presidente do SINTEAC deixa a Frente Popular. "Tião Viana foi tirano e ditador"


unnamed 3
Valdenizio Martins, atual presidente do SINTEAC de Cruzeiro do Sul, já não pertence mais ao PCdoB. Sua desfiliação ocorreu oficialmente nesta quinta feira (24). A falta de reconhecimento da Frente Popular do Acre, mais precisamente do Partido dos Trabalhadores (PT), tem gerado a saída de lideranças importantes da sigla comunista no Juruá. Recentemente, deixou o partido o ex-vereador Zequinha Lima, hoje do PP, que por 2 vezes foi candidato a vice prefeito.
Valdenizio diz estar decepcionado com as lideranças do PT. "Eu acreditava que a esquerda era o melhor projeto para o estado do Acre, porém quando ocupou o poder em nível nacional, uma esquerda oriunda dos movimentos sociais, da base em defesa do trabalhador, esqueceu as suas raízes, rasgou sua identidade."

A última greve da educação da rede estadual , segundo o sindicalista, só confirmou isso. "Eu vou dar um exemplo bem claro. O governador Tião Viana, oriundo dos movimentos sociais, chegou à Presidência do Congresso Nacional, sendo que isso não é pouco para o Acre, um orgulho até. Mas ele tomou decisões tiranas ditatoriais, extremamente radicais, contra os trabalhadores de educação no período de greve”, disse.

Segundo Valdenizio não ha mais clima para defender o Projeto da Frente Popular do Acre. "Eu não posso de maneira nenhuma ver todas essas atitudes e amanhã estar nas esquinas, balançando a bandeira defendendo esse projeto. Eu tenho que ter o mínimo de decência e postura junto a minha categoria. Então entre a ação do governador Tião Viana e o seu projeto, eu fiz opção pelos trabalhadores”.

Questionado para qual partido deve migrar, o presidente do SINTEAC acenou o PP. “Devido a proximidade que eu tenho com o ex vereador Zequinha Lima, existe uma forte possibilidade da minha ida para o PP."

Fonte: http://www.vejadetudo.com.br/

Comentários