SENA MADUREIRA: Município completa 111 anos de fundação; município já foi capital do Acre

Desfile de 25 de setembro do ano de 1970, na Rua Padre Egídio
Localizada a 144 quilômetros de Rio Branco, Sena Madureira completa 111 anos de fundação. É a terceira maior cidade do Estado e sua formação territorial e política se confunde com a história do Acre. No final do século XIX, nos tempos áureos da exploração da borracha, chegou a ser a capital do território acreano. Por causa de sua posição geográfica estratégica, ocupou posição de destaque entre os grandes centros comerciais da Amazônia.

“Naquela época tínhamos bonde elétrico, teatros, roupas e utensílios franceses, jornais impressos e uma economia pujante, que tinha como carro-chefe a borracha”, declarou a ex-prefeito do município, Ulisses Modesto. “Sena Madureira tem uma história muito bonita”, acrescentou o cantor e compositor senamadureirense Sérgio Souto, que é autor do Hino do município.
Sena completa 111 anosSena completa 111 anos

Com cerca de 40 mil habitantes, o município, atualmente, passa por enormes dificuldades financeiras, vitimado por administrações corruptas e desastradas, resultando na situação bastante adversa que atravessa sua população.

“Temos um enorme potencial econômico, mas estamos estagnados, com o desemprego crescente e um dos maiores índices de violência do Estado”, comentou o morador José Carlos Pinheiro, mais conhecido como ‘Zé Bode’.

O aniversário coincide com a AgroPurus, a feira agropecuária do município. Em parceira com o governo estadual, a prefeitura lançou uma vasta programação.

“Um evento desse porte não dá pra fazer sozinho. Fica o nosso agradecimento ao governo do Estado, marca V5, Cia de Rodeio Cuiabana, Sebrae, empresários locais e a todos os demais colaboradores. É a prova de que com união a gente consegue atingir a meta pretendida”, comentou o prefeito Mano Rufino.

Leia mais:


História

Após a celebração do Tratado de Petrópolis, em 17 de novembro de 1903, o general Silveira de Meneses, cumprindo missão, chegou em 25 de setembro de 1904 às terras do Seringal Santa Fé, às margens do Rio Iaco, onde fundou Sena Madureira, cujo nome homenageia o coronel do Exercito Brasileiro Antonio Senna Madureira, militar que participou da Guerra do Paraguai.
Sena Madureira na década de 70
A ocupação do município inicia-se por volta de 1878, com a chegada de brasileiros, a maioria nordestinos visando a exploração econômica da borracha. Foi sede também do Departamento do Alto Purus. Em 1908, foram instaladas na cidade várias representações de órgãos. Através de Decreto do Governo Federal, de 1º de outubro de 1920, Sena Madureira deixou de ser a capital do Acre, transferida para Rio Branco.

Entre todos os rios amazônicos, o Purus cumpriu um papel fundamental para a formação de uma original sociedade baseada no extrativismo da borracha. O Purus foi a via de penetração estratégica que trouxe para as terras senamadureirense, além dos nordestinos, um resumo do mundo composto por sírios, libaneses, italianos, ingleses, franceses, enfim, um rico mosaico étnico e cultural que aqui se mesclou as dezenas de povos indígenas de ocupação milenar em nossas florestas.

Sena Madureira é a principal cidade no Vale do Purus. Essa importância é visível, já que foi criada para ser a capital do Departamento do Alto Purus, permanecendo nessa condição ate 1920. Sena Madureira também esteve à frente do movimento autonomista que lutava pela plena cidadania dos acreanos. Nenhuma outra cidade acreana foi tão longe na luta por direitos mais essenciais como brasileiros, legando uma herança de determinação e de destemor.
Mano Rufino e Hermano durante festa dos idososMano Rufino e Hermano durante festa dos idosos
Rufino e Hermano saúdam moradores 

Em solenidade, o prefeito Mano Rufino e seu vice, Hermano Filho, saudaram e agradeceram os moradores do município. “Primeiramente queremos agradecer a Deus por mais esse momento importante na história de Sena Madureira. Para nós, é motivo de alegria e satisfação. Sena Madureira é terra de um povo guerreiro, batalhador e que não desisti de seus sonhos. Sabemos que muitas lutas foram travadas para que chegássemos até aqui, por isso, temos tido o compromisso de procurar sempre o melhor para a nossa cidade. Sena Madureira tem uma trajetória linda e um papel importante na história do Acre. Parabéns a todos os munícipes e àqueles que, mesmo sendo de outros estados, tornaram-se senamadureirense e ajudaram e ainda ajudam a construir a nossa história”, declarou o prefeito.

“Trata-se de uma história marcante que começou em 1904. É com grande satisfação que hoje estamos celebrando 111 anos de existência de Sena Madureira. Durante todos esses anos Sena tem se desenvolvido, tornando-se o terceiro maior município do Acre. Parabéns a toda a população e que Deus continue abençoando a nossa cidade”, acrescentou Hermano Filho.

Fonte: contilnetnoticias.com.br/

Comentários