Dilma veta financiamento de empresas a campanhas

Veto da presidente à reforma política aprovada no Congresso, acompanha o entendimento do Supremo Tribunal Federal
Ag. Brasil
Dilma Rousseff desembarca em Nova York para uma agenda cheia de compromissos da ONU

A presidente Dilma Rousseff deixou assinado, antes de viajar para os Estados Unidos, o decreto presidencial que veta o financiamento empresarial de campanhas eleitorais. O veto deverá ser publicado na próxima quarta-feira, prazo final para a publicação da reforma política aprovada pelo Congresso Nacional no começo deste mês.

Com o veto, a presidente acompanhou a decisão do Supremo Tribunal Federal que, na semana passada, considerou, por oito votos a três, que as doações de pessoas jurídicas para campanhas são inconstitucionais.

Dilma está em Nova Iorque, onde assistiu nesta sexta-feira, o discurso do Papa Francisco na Organização das Nações Unidas, e onde deve discursar na segunda-feira (28) na abertura da sessão de debates da 70 reunião da Assembleia Geral da ONU.

O veto de Dilma barra a proposta aprovada pelo Congresso que permite as doações de empresas até o limite de R$ 20 milhões.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/

Comentários