TARAUACÁ: EM REUNIÃO, TARAUCAENSES DISCUTEM CRIAÇÃO DA REDE SUSTENTABILIDADE NO MUNICÍPIO

Reunião para criação da rede sustentabilidade
Na noite desta quinta feira, 24 de setembro, um grupo de pessoas composto por professores, sindicalistas, artistas, desportistas, comunicadores, servidores públicos, estudantes e outros, se reuniram no Cedup, para iniciar o debate sobre a criação em nível municipal, do Partido Rede Sustentabilidade, idealizado e criado pela ilustre acreana professora, ex-senadora e ex-ministra marina Silva e que teve seu registro nacional deferido pelo TSE - Tribunal superior eleitoral na noite da última terça feira. O encontro contou ainda com as presenças dos vereadores Marlindo Pinheiro (PCdoB) e Janaina Furtado (sem partido), que estudam a possibilidade de integrar o partido.
A reunião foi dirigida pelos professor Raimundo Accioly que se dispôs a abrir o debate sobre a possibilidade de criação do partido. Accioly fez um breve relato sobre a situação da política no país e também sobre os princípios estabelecidos no programa da rede. 

"A rede propõe uma visão equilibrada e sustentável sobre a política, ética, economia, cultura e demais segmentos que compõem a sociedade. Se tudo correr bem, nossa intenção é participar da eleição em 2016, com candidaturas ao parlamento e também existe a a possibilidade de termos uma candidatura majoritária", disse Accioly. "Por conta do deferimento agora, temos que correr contra o tempo se quisermos participar da eleição com candidaturas", finalizou.

Usaram da palavra ainda, o Presidente do Sinteac Eurico Paz, a Presidenta da REMUT Socorro Neri, o estudante universitário Ricardo Lima, o radialista Antônio Alves, o Professor e desportista Flávio Santos (Kbym) a Vereadora Janina Furtado e o Vereador Marlindo Pinheiro. 

O próximo encontro será realizado em breve com a presença de um dirigente estadual para o lançamento oficial da Rede Sustentabilidade em Tarauacá.
A #Redev - A Rede Sustentabilidade é fruto de um movimento aberto, autônomo e suprapartidário que reúne brasileiros decididos a reinventar o futuro do país. É uma associação de cidadãos e cidadãs dispostos a contribuir de forma voluntária e colaborativa para aprofundar a democracia no Brasil e superar o monopólio partidário da representação política institucional. A efetiva participação de brasileiros e brasileiras nos processos decisórios é condição fundamental para a promoção do desenvolvimento justo e sustentável. Aberta ao diálogo e construída com a participação direta de seus integrantes, a Rede Sustentabilidade é um espaço de mobilização e inovação, no qual floresce uma nova cultura política. Uma legenda capaz de abrigar candidaturas de cidadãos que não façam parte de seus quadros, mas que compartilhem de seus ideais, comprometida com a transparência de seus processos internos e empenhada na renovação de suas lideranças.

Manifesto - Diretrizes Programáticas da Rede Sustentabilidade - Somos um país soberano e independente, mas com pouca capacidade de interferir nos foruns e mercados globais. Um país rico, livre e plural, mas com graves indicadores de violência, desigualdade e pobreza. Somos a sexta economia do mundo, mas não conseguimos dar educação de qualidade e garantir bom atendimento de saúde para todos. Estamos sempre atrás de respostas e não vemos o que temos de melhor para encontrá-las: a diversidade étnico-cultural de nosso povo, o domínio sobre parte considerável da biodiversidade e da água doce do planeta, um território de extensão continental com uma rica variedade de biomas cujo papel é fundamental no equilíbrio climático e no desenvolvimento científico, tecnológico e econômico de nosso país e do mundo. 

Comentários