Salários da presidente e do vice também terão corte de 10%

Remuneração dos chefes do Executivo devem encolher em R$ 3 mil; corte de três mil cargos comissionados foi outra decisão
Lula Marques/ Agência PT - 02.10.15
Presidente Dilma Rousseff anunciou a reforma ministerial, em Brasília, na manhã desta sexta-feira 

Ao anunciar a reforma administrativa nesta sexta-feira (2), a presidente Dilma Rousseff comunicou ainda uma redução do próprio salário, de seus e ministros e do vice, Michel Temer.

Atualmente a presidente, Temer, e seus auxiliares de primeiro escalão recebem exatos R$ 30.934,70 de vencimentos mensais. Com o corte de 10% anunciado, este valor deverá ser de quase R$ 27 mil bruto.Dilma ainda anunciou a eliminação de três mil cargos comissionados. A intenção do governo é reduzir em 20% as despesas com custeio e contratação de serviços terceirizados.

Outra novidade é a criação da comissão permanente da reforma do Estado, que tem como objetivo implantar as decisões orientadas pela Câmara de Gestão e Competitividade, instalada desde o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o propósito de melhor a gestão do governo.

A ordem é economizar e o governo decidiu estabelecer teto para gastos com passagens aéreas, diárias e até com telefone e energia elétrica.

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/

Comentários