No Mané Garrincha, Botafogo derrota o ABC e garante o título da Segundona

Glorioso levantou a taça da Série B ao derrotar equipe potiguar na noite desta sexta-feira, em Brasília
Vitor Silva/SSPress
Jogadores do Botafogo festejam com o troféu da Série B
No estádio que leva o nome do seu maior ídolo, o torcedor alvinegro pode finalmente ter o alívio de ver o seu time fazer o serviço completo na Série B. Diante do ABC, do Rio Grande do Norte, o Glorioso venceu o rival por 2 a 1 e garantiu com uma rodada de antecedência o título da competição em 2015. A equipe carioca confirmou a esperava superioridade na Segundona, conquistando o acesso e a taça com muita tranquilidade nesta temporada.


Na última rodada, o Alvinegro do Rio de Janeiro enfrenta o América-MG, no Nilton Santos, às 17h30, no próximo dia 28. Já o clube portiguar, que já está rebaixado para a Série C, joga contra o Boa Esporte, também rebaixado, na terça-feira, às 20h30.

O jogo

O Botafogo entrou em campo querendo mostrar a sua superioridade e resolver logo o duelo. Aos oito minutos, o Glorioso abriu o placar. Após escanteio cobrado por Daniel Carvalho, Roger Carvalho subiu mais que a zaga do ABC e cabeceou para o fundo das redes.

Com o gol logo no começo, o Glorioso diminuiu a pressão e acabou sendo castigado. Após bela jogada de Pingo, Erivélton ficou livre na zaga do Botafogo e acabou finalizando, sem nenhuma chance de defesa para o goleiro Jefferson.

Só que o Botafogo era muito superior e voltou a ficar na frente ainda na primeira etapa. Depois de grande jogada coletiva da equipe, William Arão ficou na cara do goleiro Saulo e recolocou o Glorioso em vantagem no Mané Garrincha.
Vitor Silva/SSPress
Willian Arão marcou na vitória do Botafogo diante do ABC
As duas equipes voltaram um pouco mais lentas para o segundo tempo. Tranquilo com o resultado, o Botafogo permitiu que o ABC tivesse mais a bola, porém, a equipe potiguar mostrava falta de qualidade só teve a primeira chance aos 24 minutos da etapa final. Rafael Silva fez grande jogada pela esquerda, entra rolou para Chiclete. O meia bateu colocado, mas a bola tocou em Giaretta, que salvou o Botafogo.

Nos últimoa minutos, o Botafogo voltou a controlar a partida. Neilton até teve uma boa oportunidade de ampliar, mas o resultado já era o suficiente para o torcedor do Glorioso comemorar o título da Série B no Mané Garrincha.

Comentários