Situação de migração de Estudante Brasileiros na Bolívia será discutido em audiência pública

O deputado Jenilson Leite (PCdoB) apresentou um requerimento durante a sessão desta quinta-feira (3) solicitando a realização de uma audiência pública em Brasileia para discutir junto com os acadêmicos brasileiros que estudam na Bolívia e autoridades de imigração a cobrança indevida de vistos de permanência. Ele acrescentou que está sendo cobrado duas vezes por documentos com a mesma finalidade.

“Estou trazendo um problema que está sendo vivenciado pelos estudantes de medicina na Bolívia. Há muitos estudantes que em função das dificuldades de informação relacionados ao visto estão tendo que pagar duas vezes. Nesse sentido, de cobrança indevida , estamos propondo que façamos uma audiência pública em Brasileia onde iremos convidar a direção da Universidade, autoridades consulares brasileiras e bolivianas e vê como possamos ajudar os estudantes”, salienta.

O parlamentar destacou, ainda, que esse é um assunto de interesse do Parlamento, afinal são milhares de acreanos que estudam em solo boliviano. Ele falou, também, da dificuldade que é estudar em terras estrangeiras.

“Para os estudantes que estão em Cobija, está sendo cobrado visto fronteiriço e o Mercosul, havendo a necessidade apenas do Mercosul e muitos estudantes que usam apenas um desses vistos estão se graduando e eles só entregam o documento se pagar o retroativo o visto que lhe faltava. Esse problema é do interesse dessa Casa. Através da Comissão de Segurança Pública vamos até Brasileia para que possamos dar as mãos e a ajudar a resolver esse problema. Eu já fiz medicina no exterior e sei como é difícil estudar em outro país. Está registrado aqui a nossa preocupação e apresentado o requerimento para que possamos realizar o mais rápido possível essa audiência pública”, enfatiza. 

Comentários

Postagens mais visitadas