TARAUACÁ: EM DECISÃO LIMINAR, DESEMBARGADORA REFORMA DECISÃO DO JUIZ DE TARAUACÁ SOBRE NULIDADE DA POSSE DOS SERVIDORES.


A Decisão da Desembargadora Eva Evangelista reforma a decisão do Juiz de Tarauacá que havia negado a Liminar de Antecipação de Tutela da Ação Anulatória contra os Decretos de Anulação de posse. Entendeu a Desembargadora pela concessão da Antecipação da Tutela, para que os autores da Ação voltem a ser lotados nos quadros da Prefeitura, tendo validade a posse do dia 20 de Dezembro.

LEIA DECISÃO NA INTEGRA

Comentários