ACRE: Defensoria Pública anuncia concurso com 15 vagas; salário deve ultrapassar faixa dos R$ 18 mil

De acordo com informações de site especializado em concursos, o órgão deve disponibilizar 15 vagas para a carreira de defensor público, com lotação no interior do Estado
Fachada da Defensoria Pública / Foto: Agência de Notícias do Acre
Parece que agora vai: aguardado desde 2015, o concurso para provimento de vagas no quadro de servidores na Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE-AC) deve, finalmente, acontecer. A confirmação veio da defensora-geral Roberta Carminha Melo e a informação foi publicada pelo site Edital Concursos Brasil.
De acordo com a defensora, a primeira fase do certame deverá acontecer no segundo semestre deste ano e a expectativa é de que os aprovados tomem posse até fevereiro do ano que vem.
Ela conta ainda que o certame deve ofertar 15 vagas para o cargo de defensor público. As lotações devem acontecer em todo o interior, de forma que também seja possível a implantação de novos núcleos de atendimento ao cidadão.
Interessados em concorrer a uma das vagas devem ter o diploma de Bacharel em Direito (em instituição reconhecida pelo MEC), além de registro válido na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
A remuneração inicial dos aprovados no último concurso foi de R$ 9.600,00. Com os últimos reajustes, quem for aprovado deve ganhar mais: de acordo com as tabelas do reajuste, o salário do nível I saiu de R$ 13 mil para R$ 18 mil; O nível II saiu de R$ 15,4 mil para R$ 22 mil; o nível III saiu de 17,8 mil para R$ 24,2 mil; o nível IV saiu de R$ 20,2 mil para R$ 26,6 mil e o nível V saiu de R$ 22,6 mil para R$ 29,2 mil. O governo criou ainda o cargo de defensor público substituto, que recebe um salário de R$ 13 mil.
Atualmente, a Defensoria tem um déficit de 12 defensores de um total é de 61. O número ideal para o Estado gira em torno de 75.
Fonte: http://contilnetnoticias.com.br/

Comentários