Pular para o conteúdo principal

ACRE: Defensoria Pública anuncia concurso com 15 vagas; salário deve ultrapassar faixa dos R$ 18 mil

De acordo com informações de site especializado em concursos, o órgão deve disponibilizar 15 vagas para a carreira de defensor público, com lotação no interior do Estado
Fachada da Defensoria Pública / Foto: Agência de Notícias do Acre
Parece que agora vai: aguardado desde 2015, o concurso para provimento de vagas no quadro de servidores na Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE-AC) deve, finalmente, acontecer. A confirmação veio da defensora-geral Roberta Carminha Melo e a informação foi publicada pelo site Edital Concursos Brasil.
De acordo com a defensora, a primeira fase do certame deverá acontecer no segundo semestre deste ano e a expectativa é de que os aprovados tomem posse até fevereiro do ano que vem.
Ela conta ainda que o certame deve ofertar 15 vagas para o cargo de defensor público. As lotações devem acontecer em todo o interior, de forma que também seja possível a implantação de novos núcleos de atendimento ao cidadão.
Interessados em concorrer a uma das vagas devem ter o diploma de Bacharel em Direito (em instituição reconhecida pelo MEC), além de registro válido na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
A remuneração inicial dos aprovados no último concurso foi de R$ 9.600,00. Com os últimos reajustes, quem for aprovado deve ganhar mais: de acordo com as tabelas do reajuste, o salário do nível I saiu de R$ 13 mil para R$ 18 mil; O nível II saiu de R$ 15,4 mil para R$ 22 mil; o nível III saiu de 17,8 mil para R$ 24,2 mil; o nível IV saiu de R$ 20,2 mil para R$ 26,6 mil e o nível V saiu de R$ 22,6 mil para R$ 29,2 mil. O governo criou ainda o cargo de defensor público substituto, que recebe um salário de R$ 13 mil.
Atualmente, a Defensoria tem um déficit de 12 defensores de um total é de 61. O número ideal para o Estado gira em torno de 75.
Fonte: http://contilnetnoticias.com.br/

Comentários

MAIS LIDAS

Hoje é Dia do Médico

Imagem: Divulgação Quem é que está conosco, na maioria das vezes desde nosso primeiro "choro"??? Cuida da preservação e restauração de nossa saúde com todo cuidado para termos melhor qualidade de vida? É isso aí: o médico! Ser médico é desenvolver a "arte de curar", por isso merecem um dia especial, que é comemorado em 18 de outubro. A data foi escolhida por ser o dia consagrado a São Lucas que, o "amado médico", segundo o apóstolo Paulo. Ele teria estudou medicina, além de ser pintor, músico e historiador. A tradição de ter São Lucas como o patrono dos médicos se iniciou por volta do século XV. Imagem: Divulgação A origem do Dia do MédicoO dia 18 de outubro foi escolhido como “dia dos médicos” por ser o dia consagrado pela Igreja a São Lucas. Como se sabe, Lucas foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento. Seu evangelho é o terceiro em ordem cronológica; os dois que o precederam foram escritos pelos apóstolos Mateus e Marcos.
Luca…

Dia Internacional da Mulher

História 8 DE MARÇO É DA MULHER

As mulheres do Século XVIII eram submetidas à um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, está intimamente ligado aos movimentos feministas que buscavam mais dignidade para as mulheres e sociedades mais justas e igualitárias. É a partir da Revolução Industrial, em 1789, que estas reivindicações tomam maior vulto com a exigência de melhores condições de trabalho, acesso à cultura e igualdade entre os sexos. As operárias desta época eram submetidas à um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais.

Dentro deste contexto, 129 tecelãs da fábrica de tecidos Cotton, de Nova Iorque, decidiram paralisar seus trabalhos, reivindicando o direito à jornada de 10 horas. Era 8 de março de 1857, data da prim…

Criança chega ao hospital de Sena com a cabeça cheia de tapurus

Os bichos só foram descobertos quando o médico que atendeu o menino mandou que lhe raspassem a cabeça. Da Redação da Agência ContilNet A cabeça da criança estava cheia de 'tapurus'/Foto: Marcio Farias
Uma criança de sete anos de idade foi internada no hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira, com dois grandes buracos na cabeça onde estavam ‘hospedados’ bichos, tipos tapurus, mais conhecidos como ‘ôras’, um parasita bastante comum na zona rural. Além dos bichos alojados nos dois orifícios, outra parte do couro cabeludo também estava tomada por parasitas. O menino, que mora na estrada de Manoel Urbano está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar do município. Os pais disseram que há vários meses o filho reclamava de coceira na cabeça, mas não sabiam que se tratava de uma doença tão grave. Os bichos só foram descobertos quando o médico que atendeu o menino mandou que lhe raspassem a cabeça. Para a surpresa de todos no hospital, surgiram dois grandes buracos onde os…