TARAUACÁ: Moradores pretendem fechar a BR-364 no fim de semana

Um grupo de moradores do município de Tarauacá, distante 409 quilômetros da Capital, está preparando um protesto no qual pretende fechar a BR-364 no próximo sábado (3). O movimento conta com o apoio da maioria dos setores sociais, bem como do poder público. Na manhã desta segunda-feira (29) os moradores comunicaram o ato ao comandante do Polícia Militar.

As péssimas condições da rodovia interferem significativamente na economia da região. Estamos prontos para fazer o maior protesto da história do município”, declarou um dos organizadores do movimento, o agricultor Welisson André da Silva, que chamou as autoridades de omissas e irresponsáveis.
Moradores comunicaram ao coronel Ruiz sobre a realização do movimento /Foto: ContilNet

Além dos agricultores que estão isolados nos ramais, o movimento é formado principalmente por comerciantes, taxistas e caminhoneiros. “Queremos uma imediata resolução. Estamos sem o fundamente direito de ir e vir. Isso é uma situação vergonhosa”, desabafou a ex-vereador pelo município de Feijó, o pecuarista Eurico Carvalho Cordeiro.
Trecho da BR-364 muito danificado /Foto: ContilNet

Mesmo sem confirmar as suas presenças, os prefeitos de Tarauacá e Feijó, de acordo com suas assessorias, irão apoiar o protesto, além de disponibilizar alguma logística. “É uma viagem ‘pra’ mim e outra para o carro”, ironizou o comerciante Hibernou Nery Silva, que gastou 24 horas para chegar em um local conhecido por Jurupari, que ficar cerca de 70 quilômetros de Feijó.

A reportagem da ContilNet percorreu o trecho entre Rio Branco e Tarauacá, onde constatamos as precárias condições da estrada, notadamente a falta de acostamento e sinalização, além dos muitos buracos. No do próximo fim de semana será publicada uma reportagem especial sobre o assunto.

JORGE NATAL, DE TARAUACÁ PARA CONTILNET

Comentários

Postagens mais visitadas