Polêmica, VAR e chuva de gols! França goleia Croácia e é BICAMPEÃ MUNDIAL

No embalo de Pogba, Mbappé e Griezmann, franceses enfiaram 4 a 2 nos croatas na final da Copa do Mundo e conquistaram seu segundo título
Pogba marcou o terceiro gol da França na final da Copa diante da Croácia
FIFA/ Divulgação
Pogba marcou o terceiro gol da França na final da Copa diante da Croácia

França bicampeã mundial! Em uma final eletrizante, polêmica e recheada de gols, a seleção franceses goleou a Croácia por 4 a 2 no Estádio Luzhniki, em Moscou, e conquistou o título da Copa do Mundo de 2018. É a segunda taça dos franceses na competição, repetindo a campanha vitoriosa do Mundial de 1998, quando os "Bleus" venceram o Brasil na decisão em casa. 

A coroação da nova geração da França bicampeã mundial , com um elenco que mescla muitos jovens com atletas experientes, veio com gols de Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé. Para Croácia marcaram Perisic e Mandzukic.

Por falar em Perisic e Mandzukic, a dupla também foi vilã. O primeiro cometeu o pênalti do segundo tento francês - que teve ajuda do VAR (árbitro de vídeo) -, enquanto o segundo marcou um gol contra, abrindo o placar do duelo.

Gol polêmico e VAR decisivo

FIFA/ Divulgação
Árbitro Nestor Pitana consultou o VAR e marcou pênalti para França

A seleção croata teve muito mais posse de bola no primeiro tempo e começou a partida em cima dos franceses, ocupando mais o seu campo ofensivo e buscando o primeiro gol. Os "Bleus" só conseguiram se organizar a partir dos 15 minutos. 

E o gol inaugural foi polêmico. Griezmann se jogou perto da área rival e o árbitro errou ao marcar a falta, que não existiu. O próprio Griezmann levantou na área, o centroavante Mandzukic tentou afastar, mas cabeceou contra a própria meta, abrindo o placar para a França.

Dez minutos mais tarde, a Croácia conseguiu buscar o empate em um belo gol de Perisic. O atacante ficou com a bola na entrada da área, limpou a marcação e chutou cruzado de perna esquerda, sem chances para Lloris.

Após o gol de empate, o duelo ficou mais equilibrado. E, aos 38 minutos, a França chegou ao segundo gol com a ajuda do VAR. Após cruzamento na área, Perisic colocou a mão na bola dentro da área, o árbitro foi até a beira do gramado analisar o lance no vídeo e anotou a penalidade. Na batida, Griezmann deslocou o goleiro Subasic e recolocou os franceses na frente.

Segundo tempo eletrizante 

FIFA/ Divulgação
Mbappé fez o quarto da França na final

A etapa final foi eletrizante, com o goleiro Subasic defendendo finalização de Griezmann e, na sequência, Lloris evitando tento de Rebic em intervenção dificílima no alto logo nos primeiros minutos.

Aos 14 minutos, a França foi para o ataque e marcou o seu terceiro gol com Pogba. O meio-campista finalizou da entrada da área, a bola bateu na marcação e sobrou para o próprio Pogba, que colocou de perna esquerda no canto da meta da Croácia.

Com os croatas abalados e perdidos no duelo, Mbappé deixou sua marca aos 20 minutos, acertando um chute seco e rasteiro, sem chance para Subasic. 

O quarto gol francês parecia que já resolveria a história da final. Mas a Croácia ganhou uma sobrevida aos 23 minutos com gol de Mandzukic. O goleiro Lloris recebeu bola recuada e foi tentar driblar o atacante croata, que conseguiu roubar a bola e mandar para o fundo das redes, diminuindo o prejuízo.

A Croácia bem que tentou pressionar a França na reta final da partida, mas as três prorrogações seguidas pesaram e a equipe não teve pernas para reagir. Os franceses administraram os minutos restantes na defesa e só esperaram o apito final para comemorar o segundo título mundial.

FICHA TÉCNICA 
FRANÇA 4 x 2 CROÁCIA

Local : Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia) 
Data : 15 de julho de 2018, domingo 
Horário : 12h00 (de Brasília) 
Árbitro : Nestor Pitana (Argentina) 
Assistentes : Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti (ambos da Argentina) 
Cartões amarelos : Kanté e Hernandez (FRA)

GOLS 
FRA: Mandzukic (contra), aos 18'; Griezmann, aos 38' do 1º tempo; Pogba, aos 14'; Mbappé, aos 20' do 2º tempo 
CRO: Perisic, aos 28' do 1º tempo; Mandzukic, aos 23' do 2º tempo

FRANÇA : Lloris, Pavard, Varane, Umtiti e Hernandez; Kanté (Nzonzi), Matuidi (Tolisso) e Pogba; Griezmann, Mbappé e Giroud (Fekir). Técnico : Didier Deschamps

CROÁCIA : Subasic, Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pjaca); Brozovic, Rakitic e Modric; Rebic (Kramaric), Perisic e Mandzukic. Técnico : Zlatko Dalic

E você, internauta? O que achou da França bicampeã mundial ? Comente abaixo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.